Slide Show


 

Banner

106 anos de Perdões: Sonhos, Sonhos e Realidade

Publicado em: 18/02/2019 às 9:13 - Categoria Cultura
Total de visualizações: 267

Acordei. Ele passou em minha frente nesse sonho lindo, tão rapidamente que não tive tempo de dizer uma palavra. Palavra desejada, amiga, sincera.
Apenas palavras. Não é impossível, é a realidade. A palavra desejada é universal. E amei. ‘‘Amei, sim. Outra coisa não fiz. Aprendi muito cedo que o amor e a ciência que traz em seu bojo a possibilidade de reconciliar os contrários.’’
Amei e amo as árvores e flores que rodeiam meu quintal. Amei e amo os pássaros que nelas habitam e me acordam pela manhã, com seu canto harmonioso, e que de manhãzinha, vêm ao meu quintal saborear a canjiquinha que o Cal já espalhou, sabendo que daí a pouco canarinhos e rolinhas estarão lá, saboreando.
Amei e amo meu quarto que mais parece um museu. Altar de um lado e que Padre Jorge classificou de Igreja. Imagens e imagens.
Padre Jorge, nosso querido, amigo que hoje é pároco em Carmópolis. Saudades dele.
Amo o outro lado do quarto, onde estão fotos das pessoas que amo. Um quadro onde estão alguns membros da Igreja Católica, Papa Francisco e nossa Senhora Aparecida, juntos, se dão muito bem. Dom Miguel. Crismando minha netinha Maria Elisa. Padre Vanir e Padre Francisco (saudades) em adoração ao Santíssimo, no alpendre de minha casa. Padre Thiago e eu após uma missa na igreja São Judas. Padre Josalan e eu debaixo de uma jabuticabeira depois da benção ao sítio de Wladimir e Maria. Padre Jorge, Ana Nery, Soraia e Toia, no dia da Ordenação em Cana Verde. Nossa Senhora velando por tudo e por todos.
Padre Jorge e eu, quando, do momento sublime de sua Ordenação Sacerdotal. Padre Fábio, Ana Nery e eu, quando ele visitou Perdões, em 2012.
Amo meus 2 e sempre lembrados irmãos Ana e José, que estão em Deus.
Amo as fotos que estão com os filhos(10), netos (21) e bisnetos(18).
Amo minhas netas Tatiana que, por motivo de trabalho do esposo Orlando, mudou-se para a Itália. Carla, professora na universidade de Formoso do Araguaia, em Tocantins. Beijos para elas e que Deus dê fé e saúde a elas.
Amo outra parte do meu museu onde estão televisão, para missas.
DVD para músicas selecionadas e pregações. Internet para ver as amigas.
Amo meus livros, meu relógio, e meu calendário.
Meu pensamento e meu coração, ainda estão pensativos no meu sonho. Que São José, dormiu e sonhou com um Anjo, me dê esse privilégio de haver sonhando com coisas.
Amém! Amém! Amém!


por Alba Rezende Bastos (D.Iaiá)


MAIS LIDAS


anuncie