106 anos de Perdões: ”Um Copo d’agua”

18 de março de 2019 10:29 415

O carnaval passou, acabou deixando muita gente com saudades. Foi a camélia que caiu do galho”. Isso aconteceu dia 5, na terça-feira. Março.
Março é meu mês predileto, porque foi o mês que Deus escolher para que ouvisse a luz.
-oh! A campainha está tocando. Vou atender. Abro a porta. LÁ no passeio, portão fechado,, está um jovem que não queria me incomodar mas ele estava satisfeito. Estava viajando sem rumo certo. Quando me movimento para levar água, ele disse : Tranque a porta minha senhora, para evitar suspeitas” palavra! Não entendi.
Preparei 2 copos de água. Metade gelado, metade simples. Quando fui entregar a ele a água, não o encontrei. Olhei para baixo a rua deserta, para cima, ninguém.
Aí, voltei ao meu trabalho das segundas e terças-feiras, escrever para o Jornal VOZ. Noticia. 2 me encheram o coração, a alma de alegria, verdade e emoção.
Aniversário de nosso querido padre Rogério. Pela foto que escolhi, podem ver a alegria do Padre Rogério, ao receber de 2 crianças, participantes da missa das 9 e 30, na matriz de Nossa Senhora das Graças, um bolo de aniversário.
A alegria não foi tanto pelo bolo e sim pela lembrança dos paroquianos que se lembraram, e porque as crianças estavam representando palhacinhos, figuras que ele aprecia.
Talvez reminicencia de sua infância. Sempre março é o mês da Quaresma, tempo de Renovação da vida, da alma, de nosso coração, procurando o que Deus nos pede. Ele pede, não ordena. Não manda.


Ele é misericordioso, é santo é Pai.
Abrí agora na Paroquia de Nossa Senhora do Carmo, em Carmópolis, onde está agora nosso sempre lembrado e querido Padre Jorge.
Meu Deus! O jovem que me pediu água, está aqui em uma foto com a mesma camisa de faixa, branca no peito. Bem disse ele que estava viajando sem ruma. Na foto conduzindo um carrinho de mão, com uma matéria semelhante ao barro, Cliquei.
Aquele Barro estava representando a lama de brumadinho, e que iriam prestar homenagem aos mortos da tragédia, colocando sobre a lama um lindo buque de flores branquinhas conduzidas por Anjo ou Virgem? Não sei, é quaresma.
Padre Jorge deu o exemplo de humildade, colocando primeiro, a cinza sua testa, para depois distribuí-la entre os fieis.
Que nesta Quaresma Haja muitas confissões, para o Reino de Deus vir a terra.
Confessar é necessário.
Amém!Amém!Amém!


Por Alba Rezende Bastos

Compartilhe este artigo