Slide Show


 

Banner

Eleições 2018: Você decide o futuro de nosso país

Publicado em: 25/09/2018 às 16:26 - Categoria Matéria de Capa - Edições Anteriores
Total de visualizações: 119
imagem ilustrativa

Nas Eleições 2018, os eleitores vão eleger políticos para os cargos de presidente da República, governadores(as) dos Estados, dois senadores(as), deputados(as) federais e deputados(as) estaduais ou distritais para governar o país e os estados pelos próximos quatro anos.
Apesar de se escolher candidatos para os cargos do Poder Executivo Federal e Estadual, o(a) presidente e os(as) governadores(as), e candidatos(as) para o Poder Legislativo federal (Câmara dos Deputados e Senado Federal) e estadual (Assembleias Legislativas Estaduais), a relação entre estes poderes é de suma importância.
Afinal, o que é um voto consciente?
Quando se menciona o voto consciente, faz-se referência a importância de um voto tomado a partir de informações adequadas, que apontem ao eleitor que o votado é quem está mais apto a atender às necessidades da população.
Trata-se também de um voto sem amarras – antes de pensar em vantagens pessoais, o eleitor deve pensar na coletividade, nas pessoas que o rodeiam – o que elas querem? O que eu acredito que elas precisam? Esse deve ser o questionamento que deve estar no pensamento de um eleitor na hora de definir seu voto.
Entre os candidatos há nomes atingidos por denúncias de corrupção e por disputas partidárias internas. A maioria deles enfrenta a escassez de tempo de propaganda no rádio e na televisão.
A eleição presidencial de 2018 terá o maior número de candidatos desde a disputa de 1989 – a primeira desde a redemocratização do país. O ex-presidente Lula teve sua candidatura barrada pelo TSE – Tribunal Superior Eleitoral e, a menos de um mês das eleições, o partido o substituiu pelo vice na chapa, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. Serão 13 candidatos, ao todo. No pleito de 89, foram 22.
Os treze candidatos a presidente são:
Em nosso estado, Minas Gerais, são 9 candidatos a governador:
Fique atento no dia da votação
Não esqueça os números de seus candidatos. De preferência, anote-os (popularmente chamada colinha) e leve com você no dia da votação.
Quando você anula ou vota em branco apenas dá uma ‘forcinha’ para o candidato mais votado. Cabe a você decidir se anular o voto é mesmo a decisão mais acertada.
Datas que os eleitores devem ficar atentos:
27 de setembro de 2018: último dia para o eleitor que está em seu domicílio eleitoral (local em que ele vai votar) requerer a segunda via do título eleitoral.
7 de outubro de 2018: primeiro turno das eleições, com votação realizada das 8h às 17h (horário local).
A partir das 17h começa a emissão dos boletins de urna e tem início a apuração e a totalização dos resultados.
28 de outubro de 2018: segundo turno das eleições, das 8h às 17h. A partir das 17h começa a emissão dos boletins de urna, com a apuração e totalização dos resultados.
6 de dezembro de 2018: último dia para o eleitor que não foi votar no primeiro turno apresentar justificativa à Justiça Eleitoral.
27 de dezembro de 2018: último dia para o eleitor que não foi votar no segundo turno apresentar justificativa à Justiça Eleitoral.
O Jornal VOZ estará dando mais informações das Eleições 2018 nas próximas edições que antecedem a eleição, ou seja, 29 de setembro e 05 de outubro


MAIS LIDAS


anuncie