Slide Show


 

Banner

Massacre de árvores na Rua Ciríaco Capitalucci choca moradores e comerciantes de Perdões

Publicado em: 27/11/2016 às 23:30 - Categoria Matéria de Capa - Edições Anteriores
Total de visualizações: 2613

Na última quarta-feira, dia 23, a partir das 7 horas o telefone da redação do VOZ tocou muitas vezes – moradores, comerciantes e leitores de Perdões estavam indignados com a “poda” em árvores da Rua Ciríaco Capitalucci, conhecida como Rua do Fórum.
Uma moradora dessa rua, chorando, relatou que aquelas árvores davam vida e um colorido especial à rua.
Sabemos que a poda é necessária para tirar galhos secos ou que estejam encostando em fios da rede elétrica, ou ainda danificando telhados. O corte, quando a raiz da árvore está danificando calçadas e estruturas de casas, comércios, colocando em risco a vida das pessoas.
Isso ocorre porque muitas vezes não há um planejamento no plantio de árvores.
Nada justifica o corte de uma árvore quando se alega: folhinhas no chão; tampando placas, como já noticiamos há em edições anteriores o corte de árvores para a visibilidade de propagandas. Não é a árvore que deve ser cortada, pois ela já estava no local.
As árvores da Rua Ciríaco Capitalucci não deixam as calçadas intransitáveis. Além da sombra tão benéfica, embelezam a rua com suas flores.
A reportagem do Jornal VOZ entrou em contato via telefone com o presidente do CODEMA, Sr.Antonio Donizete Ferreira/Nenê que com firmeza e ponderação nos informou que não autorizou os cortes.

16
Em entrevista via e-mail nos respondeu:
Jornal VOZ: O que foi autorizado em relação às árvores da Rua do Fórum?
Sr.Antônio/ Nenê: Foi autorizado duas (02) podas simples.
Jornal VOZ: O trabalho foi realizado conforme a autorização e quantas árvores tiveram essa autorização?
Sr.Antônio/Nenê: Não foi feito conforme autorização, foram autorizadas duas (02) podas simples no endereço citado, por moradores dos números 165 e 147.
Jornal VOZ: Qual a função principal do Codema e quando se autoriza cortes de árvores?
Sr.Antônio/Nenê: Sua função é deliberativa, envolvendo com questões ambientais, locais, o objetivo é defender o meio ambiente. Realiza-se uma avaliação para detectar a necessidade de corte ou poda.
Jornal VOZ: Quando uma árvore é cortada há a reposição?
Sr.Antônio/Nenê: O CODEMA pede reposição de duas mudas para cada corte, a reposição é feita ao CODEMA, para que as mesmas tenha destino correto de plantio, de acordo com a necessidade do município.
****
Está na hora de colocar gente qualificada em meio ambiente e que ame e preserve a natureza para realizar essas podas e corte, quando estritamente necessário.
Muitos precisam saber e se conscientizar que o CODEMA – Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente é um órgão consultivo e de proteção ao meio ambiente, como sue próprio nome enuncia.
CODEMA não é só para autorizar o corte de árvores, como alguns pensam.
Como nos disse um morador e leitor “já que temos a APAP que defende os animais, está na hora de termos uma associação de proteção às árvores.”

15



MAX

PW (1)

anuncie