Slide Show


 

Banner

Outubro Rosa: ”Prevenir é lutar para que os que amamos fiquem mais tempo por perto”

Publicado em: 17/10/2017 às 11:31 - Categoria Saúde
Total de visualizações: 435

Era um dia bonito de sol quando descobrimos.
Estávamos felizes porque após a cirurgia e o tratamento ela estaria livre do câncer. Mas foi aí, em um dia de sol, que o médico nos disse que a história não seria bem essa.
A doença tinha vencido a batalha bem no dia que achávamos ter ganhado a guerra. A metástase se desenvolveu no fígado e já estava em estado avançado.
Depois disso, foram menos de 10 meses em sua companhia. Há quatro anos minha mãe partiu desta Terra.
Igual a ela, outras 14 mil mulheres perdem a luta contra o câncer de mama no Brasil todos os anos, de acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer).
Misturada a dor que sua falta sempre fez, ficou a sensação de que a história poderia ter sido diferente se tivéssemos descoberto a doença antes. O câncer, a grosso modo, é uma deformidade da célula, ou seja, uma célula doente que vai se multiplicando aceleradamente. No caso do câncer de mama, se descoberto precocemente, as chances de cura são altas justamente porque a mama doente pode ser retirada antes que estas células se espalhem.
No caso da minha mãe, que nunca havia feito uma mamografia mesmo estando acima dos 50 anos, quando a doença foi descoberta as células já haviam se multiplicado e invadido um outro lugar do seu corpo.
Infelizmente, no Brasil não temos uma cultura de medicina preventiva. Vamos ao médico geralmente quando sentimos dor ou detectamos alguma doença. Mas é tempo de mudarmos esta realidade. Ser saudável não significa apenas não ter alguma patologia detectada.
Ser saudável é pensarmos diariamente no cuidado que damos ao nosso corpo, na alimentação que digerimos, na rotina que impomos ao nosso corpo e a nossa mente. Ser saudável é se prevenir.
Neste mês, o mundo inteiro celebra o Outubro Rosa. Um mês simbólico para lembrar justamente a importância da prevenção. Mulheres devem fazer o autoexame constantemente e acima dos 50 anos fazer a mamografia uma vez ao ano. Precisamos, juntas, lutar contra a estatística que encurta a vida de tantas de nós. Se descoberto precocemente, o câncer de mama tem 95% de chance de cura! Noventa e cinco por cento!!
Infelizmente, há quatro anos, descobrimos o impacto que estas ações tem. Ou deixam de ter. Como foi o nosso caso.
Mas ainda há tempo para que outras mulheres tenham dias de sol cheios de esperança e de batalhas vencidas.
Ainda há tempo de se prevenir. Para que outras não sofram.


Por Renata C.Souza


MAIS LIDAS


anuncie