Slide Show


 

Banner

105 ANOS DE PERDÕES: Estão de férias. Férias abençoadas. Férias nos dias certos e nas horas certas

Publicado em: 04/12/2017 às 10:44 - Categoria Cultura
Total de visualizações: 194

Jamais pensei que os astros siderais acompanhassem de lá das alturas onde moram, acontecimentos, daqui, de nossa terra, nosso mundo. Aconteceu. Fui esclarecer porque o sol não nos enviou seus raios luminosos, nestes últimos dias de novembro, a lua também não enviou sua luz prateada. Estavam de férias. Férias para apreciar melhor o que estava acontecendo na Paróquia de Nossa Senhora das Graças, em Perdões/MG.
Para amenizar, Deus achou importante mandar uma chuvinha fina, transparente que não atrapalhasse em nada o brilho dos festejos dedicados à Mãe de Deus e Nossa, também.
De 17 até 27 de novembro, foram dias de muitas graças e bênçãos partidas do céu, para a Paróquia de Nossa Senhora das Graças.
O sol e a lua não apareceram para não atrapalharem a grandiosidade dos festejos.
Grande foi o comparecimento dos paroquianos. Maior, ainda a vontade de Deus, em mostrar que tudo se realiza conforme o poder de seu amor por nós.
Em cada noite de novena, o altar e toda igreja estavam voltadas para os temas escolhidos por Padre Jorge.
Nada faltou. Tudo na hora certa, no tempo certo. O tema não podia ser outro, se não, aquele trecho da vida de Maria, que Ela realizou o maior poder descido do céu. O poder de ser a Mãe Imaculada de um Deus de duas naturezas: natureza divina e humana.
Deus, o Criador de todas as coisas e Deus, o Homem que nasceu de Maria Virgem, para a salvação da humanidade. O tema escolhido foi Ave Maria.
Disse e repito o que escrevi na semana passada – “Como bons soldados de Cristo, temos muito o que fazer.
Estamos entregues aos cuidados da Santa Mãe, a Virgem distribuidora de Graças. É a festa! A grande festa! Corações voltados para Deus!”
Grandes e piedosos sacerdotes, foram convidados para presidir as Celebrações Eucarísticas.
Padre Carlinhos, formador de jovens para o sacerdócio. Para mostrar sua excelência como preparador, temos o exemplo em Padre Jorge, seminarista Yuri, Diácono Paulo, Padre Rogério, um perdoense a serviço da Igreja Católica.
Padre Anderson e Padre Vagner, como colegas de formação vieram apoiar Padre Jorge, na noite de 5ª novena.
Padre Adenir que fez bela e muito sincera preleção sobre a Virgem.
Padre Tiãozinho, que já foi nosso vigário, está sempre alegre por servir a Deus.
No último dia da novena, foi o mais recente padre a servir em Perdões. Padre Hemerson.
Num abrir e fechar de olhos, tudo estava mudado. Um grande toldo armado, para se acaso chovesse a festa continuaria. Não foi preciso. Não choveu, apenas um rápido chuvisqueiro(por esse chuvisqueiro, consegui um novo amigo, no bairro Senhora das Graças. Um jovem cobriu-me com seu guarda-chuva, até o carro e disse que o guarda-chuva dele, está ao meu dispor). Obrigada. Aceito.
Havia barraca de doces, (que delícia), artesanato, artigos religiosos, armados com cuidado e carinho.
O leilão de gado foi um sucesso.
Em barraca permanente (alvenaria) o célebre tropeiro que o Padre tanto elogia, estava à disposição, dos amantes da boa comida. Temperadíssimo!
Macarrão em sopa e macarrão na chapa. Churrasco, canjica e o famoso pastel (pastel tamanho gigante) não pode faltar (e não faltou).
A festa, a grande festa dedicada a Senhora das Graças, terminou domingo, dia 26, com uma concorrida procissão, missa e como Padre Jorge não deixaria de fazer uma sincera, alegre e bendita homenagem as crianças.
As crianças mesmo, se homenagearam distribuindo medalhinhas entre os assistentes.
Dias 27 de novembro. Terceira e última aparição a Santa Catarina.
Segunda-feira é considerada o domingo dos Padres (como diz Padre Thiago), mas nesta não foi para Padre Jorge. Ele nunca deixaria de homenagear Nossa Senhora das Graças e sua medalha milagrosa, porque era dia de seu descanso.
Foram realizadas duas grandes celebrações. Às 12horas exposição do Santíssimo Sacramento, que ficou exposto até 19 horas, quando iniciou a Santa Missa, que foi em agradecimento a todas as pessoas envolvidas na festa! Na grande festa! Mais uma vez as crianças foram lembradas, pelo caminhar com velas acesas.
Salve a Santa Mãe de Deus e Nossa. Agradeço a Deus pela chuva, sol e lua.
Salve Jesus Cristo, nosso redentor.
Amém! Amém! Amém!


Alba Rezende Bastos (D.Iaiá)



MAX

PW (1)

anuncie