Alba Rezende Bastos – Uma mulher que faz e conta história

25 de março de 2019 13:40

A matéria de capa dessa edição é para homenagear uma das mulheres que merece destaque e faz parte da história de Perdões.
A próxima quarta-feira, 27 de março, é muito importante para todos que a amam e a respeitam. Comemoramos os 98 anos de Alba Rezende Bastos, professora aposentada, escritora e colunista do Jornal VOZ desde o início de 2012, quando iniciou suas crônicas sobre os 100 anos de Perdões, o que deu ‘nome’ à sua coluna. Agora estamos nos 106 anos de Perdões, rumo ao 107.
Em fevereiro de 2017 foi lançado o seu livro: ‘‘As veredas de Alba nos barcos da vida’’.
Biografia de Alba: Nasceu em Perdões no dia 27 de março de 1921. Filha de José Resende Sobrinho e Elvira Lopes de Resende. Fez o curso primário no Grupo Escolar ”Otaviano Alvarenga”, em 1933 e o Curso de Admissão no Colégio São José, em Perdões, no ano de 1935; o Curso Normal foi feito em Três Corações, na Escola Normal ”Sagrada Família”, 1936-1938.
Casou-se com José de Bastos Filho no dia 31 de Julho de 1943, na Igreja do Senhor Bom Jesus, em Perdões. Tem 10 filhos, 21 netos e 18 bisnetos.
Iniciou suas funções como professora no Instituto Dom Bosco em Perdões; foi professora do Grupo Escolar ”Otaviano Alvarenga (1939-1970).
Fez parte da diretoria do Latemp, APAE e do Clube Campestre; professora da Escola Doméstica Sagrada Família; Diretora Social do Cacique Clube e do Comitê Contra a Fome e a Miséria. Membro do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de Perdões.
Durante muitos anos esteve à frente da Exposição de Fatos e Fotos, evento que fazia parte da programação do aniversário da cidade de Perdões.
Atuante e sempre presente nos eventos da Igreja Católica.
No Jornal VOZ, suas crônicas, artigos, poesias e narrações de ontem e hoje prendem a atenção dos(as) leitores(as). Ela se expressa com franqueza, autenticidade e sensibilidade.
Parabéns Dona Alba!
Que Deus continue iluminando sempre a sua caminhada!

Compartilhe este artigo