Slide Show


 

Banner

Mundo Cênico realiza II Edição do Fórum de Cultura em Perdões

Publicado em: 20/08/2018 às 16:04 - Categoria Cultura
Total de visualizações: 171

A Associação de Fomento Artístico Cultural Mundo Cênico realizou, nos dias 9 e 10 deste mês, a segunda edição do Fórum de Cultura de Perdões, no salão da APAE. Com isso, em apenas 4 meses de fundação, a Mundo Cênico vem se destacando na cultura de Perdões e de toda a região.
Roda de Conversa com perdoenses
A noite de quinta-feira (09) foi bastante proveitosa com a “Roda de Conversa” com a participação de perdoenses falando sobre os cuidados que a cidade deve ter com seu patrimônio histórico. A presidente do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural, Olinda Teixeira Macedo, deu início a conversa citando as organizações que protegem os bens tombados e quais são os bens tombados de Perdões. Na sequência, o agente cultural e músico, Amaury Leite, esclareceu o significado de tombamento e a necessidade dos órgãos competentes agirem para a proteção dos bens. Logo após, o professor de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, Fernando Marques Alvarenga, ressaltou os meios para colocar em prática uma ideia de conservação e a importância da preservação da história oral.


O público participou interagindo com os convidados da Roda de Conversa. A senhora Alba Rezende Bastos manifestou o seu amor pela Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Aos 97 anos, Dona Alba recordou simpaticamente várias histórias de nosso Município. O senhor Alcides J. Santos, criador do belíssimo Brasão de Perdões, explicou cada elemento que usou para representar nossa cidade. A arquiteta Graziela Carvalho, proprietária de um antigo casarão dentro do perímetro histórico, ressaltou a importância do tombamento para a valorização e conservação dos casarios.
Palestra com o Secretário de Estado de Cultura
O segundo dia do Fórum (sexta-feira 10) teve início com a encantadora participação da Orquestra de Flautas e Madeiras Sopro dos Anjos, regida pelo talentoso maestro Isaias Lopes. A orquestra é a afirmação de que o trabalho musical em nossa cidade está sempre em expansão.
A palestra da noite foi ministrada pelo Secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, Angelo Osvaldo, que mostrou as diversas possibilidades de expansão de uma cidade que valoriza o seu patrimônio histórico. Ele também destacou o quanto Perdões é privilegiada pela conservação realizada até o momento e a necessidade de continuar esse trabalho de preservação. “Foi um momento breve, mas intenso, de atividades culturais positivas, tanto para a Secretaria de Estado quanto, creio eu, para o Município. Contem sempre com a minha colaboração. Vocês estão no rumo certo, mobilizando a comunidade e abrindo caminho para novas perspectivas socioculturais. Perdões é uma bela cidade, conta com um patrimônio altamente expressivo e sensibiliza-se na linha do acesso aos bens culturais. Parabéns a todos. Vamos em frente”, destacou Angelo Oswaldo.
O secretário ainda fez uma denúncia urgente para nossa cidade: “Coloco-me à disposição no que for necessário para a eliminação do trânsito de carretas no centro histórico de Perdões. Trata-se de um absurdo, que pude testemunhar, pessoalmente, além de ter ouvido apelos no sentido da interdição desse atentado ao patrimônio cultural e ambiental”.
Durante os dois dias da segunda edição do Fórum de Cultura, os participantes puderam viajar no tempo ao ver as fotos antigas de nossa cidade, principalmente dos casarões, prédios públicos e igrejas que fazem parte do nosso Patrimônio Histórico, num acervo organizado por Dona Alba.
A Mundo Cênico agradece a Apae de Perdões pela disponibilidade do espaço. Agora, a diretoria da Associação de Fomento Artístico Cultural Mundo Cênico irá fazer os encaminhamentos apontados pelos convidados e participantes do II Fórum de Cultura e enviar as autoridades competentes para as devidas providências quanto a conservação, proteção e conscientização do rico e maravilhoso Patrimônio Histórico e Cultural de Perdões.

 


Assessoria de Imprensa Mundo Cênico


MAIS LIDAS


anuncie