Slide Show


 

Banner

Perdões, Cidade da Amizade ou do Cidade do Lixo?

Publicado em: 14/06/2017 às 16:18 - Categoria Meio Ambiente e Espaço Rural
Total de visualizações: 614
imagem ilustrativa

Os problemas gerados pelo descarte inadequado de lixo são muitos e, geralmente, visíveis. Na maioria dos casos, eles se configuram como agressões ambientais e até como uma questão sanitária que coloca em risco à saúde pública.
O fato mais surpreendente é que, justamente quem mais sofre e reclama com a sujeira, também é responsável por provocá-la.
O cidadão deveria pensar duas vezes antes de jogar papel em vias públicas, de dispor os sacos de lixo fora do horário da coleta e até mesmo de lançá-los em terrenos, praças, esquinas e áreas verdes. Lembre-se, quando o assunto é limpeza urbana, a responsabilidade é de todos.
Sujeira nas ruas – O papel do picolé, a latinha do refrigerante e o embrulho do presente quando descartados em vias públicas, praças e terrenos afetam a higiene do ambiente e tornam tudo mais sujo. Portanto, caso você gere algum lixo de pequeno volume, carregue consigo até a lixeira mais próxima e faça o descarte de modo correto.
Poluição ambiental – A natureza é uma das principais vítimas do descarte inadequado de resíduos. Rios, riachos, córregos, canais e lagoas e todos os seus ecossistemas sofrem com a poluição causada pelo acúmulo e descarte inadequado de lixo.
Obstrução do passeio público – Restos de reforma e sobras da construção civil dispostos em calçadas e vias atrapalham a circulação e dificultam a mobilidade urbana.
Poluição visual – Sacos de lixo dispostos fora da lixeira, resíduos de construção civil depositados inadequadamente e o material descartado em vias públicas acumulam sujeira e formam um cenário que ninguém gosta de ver e conviver.
Contaminação do solo e dos lençóis freáticos – Quando descartados de modo inadequado, determinados tipos de resíduos provenientes de estabelecimentos comerciais, industriais e unidades de saúde infiltram pelo solo e podem contaminar a terra e os lençóis freáticos que abastecem as bacias hidrográficas, poluindo o meio-ambiente e água que consumimos no dia-a-dia.
Alagamentos e inundações em períodos de chuva – Um simples papel jogado em vias públicas pode entupir galerias de águas pluviais, que servem para escoar a água da chuva até córregos e riachos. Uma vez obstruídas por acúmulo de lixo descartado nas ruas, elas impedem a passagem da água que retorna e provoca alagamentos e inundações.,
Proliferação de endemias – O acúmulo de resíduo em terrenos ou armazenados de modo inapropriado podem gerar a proliferação de pragas e vetores de endemias como Dengue, Zica, chikungunya, que colocam em risco a saúde pública.
Prejuízos ao turismo local – Uma cidade com o aspecto sujo não atrai turistas. Quem visita a nossa cidade quer encontrar um lugar limpo e digno das belezas naturais que temos a oferecer.
Aumento dos gastos públicos com limpeza urbana
Quanto mais o cidadão promove o descarte inadequado, mais aumentam os custos com a limpeza. Um recurso que poderia ser utilizado para educação, saúde, cultura e outras áreas da gestão pública. Na nossa cidade não tem nenhum programa de incentivo para que a população contribua para o meio ambiente e áreas pública, nem sequer lixeiras vemos pela cidade, muito menos algum lugar onde o cidadão possa descartar corretamente resíduos, tais como lixeiras com coleta seletiva. Temos que mobilizar a população em geral e principalmente os órgãos públicos para que tenhamos campanhas de conscientização em escolas, outdoors e em meios de comunicação que atinjam toda a população.
E por final gostaria de relatar um problema crítico que temos em nossa cidade é que quem teria que fiscalizar tais coisas é amigo de fulano ou de ciclano e assim não faz corretamente seu trabalho para não prejudicar o amigo infrator e até notificar ou multar­ infrações que acontecem, todos os dias, tais como pessoas fazendo obra e jogando os entulhos nos ribeirões e terrenos baldios, lixo jogado na rua e por ai vai a sujeira que afoga a população.


Haroldo Benjamin de Carvalho Rodrigues


MAIS LIDAS


anuncie