Slide Show


 

Banner

Sustentabilidade Econômica da Reciclagem do Lixo

Publicado em: 06/08/2018 às 15:56 - Categoria Meio Ambiente e Espaço Rural
Total de visualizações: 76

Nesta última quarta-feira, 01 de Agosto de 2018, o prefeito Eduardo da cidade de Cana Verde juntamente com o responsável técnico ambiental Max Lino e alguns membros da Associação Comunitária do Distrito Cerradinho fizeram uma visita à Usina de Triagem e Compostagem de Lixo em Nazareno.
O objetivo dessa visita foi conhecer melhor o funcionamento da Usina para que futuramente ela possa ser replicada no Município de Cana Verde. Além de a Usina tratar o lixo de uma maneira adequada para afetar o mínimo possível o Meio Ambiente (o intuito principal de sua construção), ela também serve como fonte de Renda para mais de 15 famílias na cidade.
Chegando ao local o prefeito e seus companheiros foram recebidos pelo Gestor da Usina Sr. Geraldo Luiz na qual explicou todo o processo de Triagem e Compostagem do Lixo.
Os presentes aproveitaram a oportunidade de esclarecer algumas dúvidas em relação aos métodos, processos, dificuldades e resultados da usina. A explicação do gestor foi bem completa, falou desde a entrada do lixo na Usina até a fase final dele.
Quando o lixo chega na Usina primeiro fazem a triagem, levando os resíduos orgânicos para compostagem que após 100 dias é usado pela Prefeitura para fertilizar os jardins das Praças e Escolas. Os reciclados são compactados e vendidos para uma Empresa que trabalha com esses tipos de materiais. O valor do quilo é baixo e varia de acordo cada material, mas por causa da quantidade a Usina tem um faturamento a cada 45 dias de aproximadamente 23 mil reais, o que é aproximadamente 20 toneladas de matérias diversos Reciclados nesse ciclo.
A Cidade de Nazareno tem uma média semanal de 9 toneladas de lixos, desses apenas cerca de 15% é aproveitado pela Usina de Triagem e Compostagem. Essa quantidade é pequena, mas já gera um resultado grande em prol do meio ambiente e da saúde, bem-estar dos moradores.
Os outros 75% dos resíduos poderiam ser mais aproveitado caso todos os moradores aderissem à Coleta Seletiva, entretanto essa questão ainda não é realidade, por isso esses resíduos são levados para Juiz de Fora e depositados em um Aterro Sanitário.
Essa forma de tratamento dos Resíduos sólidos é uma das soluções de um grande problema Global que a Humanidade está começando a enfrentar e que no futuro vai se intensificar. A falta de destinação adequada para tanto lixo produzido hoje no mundo já esta causando um grande impacto em toda Natureza, deixando os ecossistemas em desequilíbrio e agredindo a flora e a fauna. Esse impacto deve ser reduzido ao máximo para preservar a Vida das espécies no planeta, até mesmo a do homem.
Além de tratar os resíduos é imprescindível que a as pessoas conscientizem que esse problema é real e que se elas não tomarem medidas mais sustentáveis o problema é iminente. Diminuir o consumo desnecessário e separar aquilo que descarta é uma simples atitude que contribui grandemente para o Meio Ambiente que contribui para todo planeta.
Portanto, diante dessa situação e da possível solução que a Associação Comunitária do Distrito Cerradinho juntamente com o Governo Municipal de Cana Verde estão estudando a possibilidade de futuramente implantar esse método na cidade. Mesmo que não seja viável a construção dessa Usina em curto prazo a conscientização do povo que é uma das partes mais difíceis já está sendo trabalhada. Os incentivos nas escolas e os panfletos esclarecendo a população sobre a Coleta Seletiva e sua importância já está circulando pela cidade. Atualmente no município existe apenas um pequeno grupo de catadores que recolhem cerca de 5% dos resíduos ajudando o Meio Ambiente e sustentando a família com a venda.


Carlos Efraym Faria


MAIS LIDAS


anuncie