“Um dedo do Gigante: As ideias de Romão Fagundes do Amaral”

10 de fevereiro de 2020 9:51 212

Pela primeira vez na cidade de Perdões, o Centro Cultural Mundo Cênico recebeu o mestre e historiador Rafael José de Souza que desenvolve desde a sua graduação uma pesquisa em que tem Romão Fagundes do Amaral como um dos personagens mais importante do século XVIII.
Durante palestra, no dia 1ºde fevereiro, Rafael apresentou para os perdoenses uma outra perspectiva da dimensão que era Romão Fagundes do Amaral, o fundador de nossa cidade.


O evento também contou com a participação do escritor Henrique Fagundes, um dos descendentes diretos do Sargento Mor Romão. Ele trouxe alguns poemas escritos pelo próprio Romão e com muita sensibilidade fez uma análise das ideias que ele propunha em suas obras literárias.

“Foi uma tarde incrível. Há muito tempo eu esperava por esse dia. Foi uma palestra esclarecedora que enriqueceu o conhecimento de todos sobre o nosso poeta de trás da serra” , disse Márcio Oliveira Rodrigues, administrador da página “Fotos de Perdões – Passado ao Presente”.
“A palestra do professor Rafael foi excelente, de alto nível. Que iniciativas como essa possam ocorrer muitas outras vezes. Perdões merece ter a sua história contata em prosa e verso, bem como de todos os seus heróis”, comentou Vicente de Castro, um grande incentivador da arte e da cultural de nossa cidade.
“Um herói às avessas. Assim poderíamos definir a vida de Romão Fagundes do Amaral, fundador de nossa cidade! Assim foi-nos elucidado sua saga por essas terras através da brilhante pesquisa e palestra do professor Rafael Sousa, no Centro Cultural Mundo Cênico! Quantas descobertas! Romão não era português, pois nascera em Macaé – RJ. Nem era bandeirante, como muitos pensam! Adorei a iniciativa desse projeto! E gostei ainda mais de ver o interesse de muitas pessoas e querer saber mais sobre esse personagem ilustre de nossa história! Senti falta dos professores de história que continuarão a ensinar nossa historia de maneira equivocada! Parabéns à Mundo Cênico pela brilhante iniciativa!”, ressaltou o ativista cultural Amaury Jr.
O evento faz parte da programação que será ofertada pelo Centro Mundo Cênico em comemoração aos 250 anos da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a qual o próprio Romão Fagundes do Amaral recebeu autorização para ergue-la.
A instituição social Mundo Cênico espera realizar outros momentos com tamanho conteúdo.

O Centro Cultural Mundo Cênico está com uma exposição fotográfica em comemoração aos 250 anos da Igreja Nossa Senhora do Rosário. As fotos são oriundas das edições do Concurso Cultural de Fotografias. O horário de visitação é das 12h às 17h.
As inscrições do programa Mundo Cênico Saberes serão abertas nos dias 17 e 18 de fevereiro, com oficinas gratuitas de desenho e teatro.
Confira na imagem todas as informações necessárias

Texto: Assessoria de Comunicação Mundo Cênico

Compartilhe este artigo